Sábado, 20 de Maio de 2006

Aprender com os êxitos dos outros

Do Cozido de Samora

às Carnes de Coruche

 

Com a assinatura de uma dezena de “confrades” fundadores, foi legalmente constituída, no passado dia 5 de Maio, em Coruche, a Confraria Gastronómica do Touro Bravo. Segundo a Câmara Municipal de Coruche, além da defesa, promoção e consumo de carne brava, o objectivo é também destacar o património gastronómico, designadamente a nível do receituário, arte e técnica da confecção da carne de touro bravo.

Esta minha nova entrada no blog surge para recordar que, há uns bons anos atrás, o eixo Samora Correia / Porto Alto tentou, sem êxito, lançar o cozido bravo. O objectivo era encontrar um prato que identificasse a Freguesia de Samora Correia. O leitão estaria para a Mealhada como o cozido bravo para Samora. Infelizmente, caiu tudo em saco roto. Na minha opinião, um dos grandes problemas do concelho de Benavente continua a ser a promoção. Limitamo-nos a distinguir o Carnaval de Samora Correia e a Sardinha Assada de Benavente. Apesar de ser, como todos sabem, um amante desta bonita terra à beira Almansor, espero que esta iniciativa corra bem em Coruche. Pode ser que se aprenda com os êxitos dos outros!

 

Mário Gonçalves

Sinto-me: Bem
Pensamento: "Brothers In Arms" - Dire Straits
Autor mariogoncalves às 21:43

Link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 10 de Maio de 2006

Rosa murcha terá de levar umas cavacadas

Administração Sócrates

é um bluff

 

            O tempo é justiceiro. Sempre foi e sempre será. Não há mês que passe que não surjam provas e mais provas do bluff da administração comandada por Sócrates. Para justificar o apertar dos cintos pedidos ao povo, a equipa socialista não pára de surpreender. O TGV andou durante varais semanas a dançar com a OTA. Milhões, biliões, falou-se de tudo e de nada só para se pensar que os esforços pedidos às famílias seriam compensados com um país mais feliz e moderno. Na realidade, tudo na mesma como a lesma. Espremida a rosa murcha, ficam esperanças vãs de projectos a longo prazo. Lá para 2000 e troca o passo, vamos ter comboios rápidos e aviões vorazes em aeroportos do tamanho do mundo. É fácil eu dizer que lá para 2070 terei o meu barco atracado na marina de Vilamoura. Nessa altura, já não estarei cá para provar que sou um homem de palavra.

            Bem, mas não nos ficamos por aqui. Há três semanas, a administração da rosa murcha foi alvo de um valente puxão de orelhas. Parece, segundo três relatórios credíveis, que afinal de contas Portugal não está mesmo no caminho certo. E como não há duas sem três, ou dez sem trinta, a mais recente foi a desistência do empresário Monteiro de Barros na construção da nova refinaria de Sines. Segundo o próprio, parece que em causa está mesmo a incapacidade da administração pública em cumprir algumas banalidades processuais. Por água abaixo, da cidade de Vasco da Gama, foram milhares de postos de trabalho. Qualquer dia, a rosa murcha terá de levar umas valentes cavacadas. Só pode!

                                                                                       Mário Gonçalves

Sinto-me: Muito bem
Tags:
Autor mariogoncalves às 21:53

Link do post | comentar | favorito
|

.Quem sou eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Artigos

. Poesia Escolhida III

. Poesia Escolhida II

. Mostrar o Pau com que se ...

. Auto-estima a 100 à hora

. Ao ex colega desconhecido

. Poesia Escolhida I

. Na Rota da Europa 2

. Na Rota da Europa

. Aprender com os êxitos do...

. Rosa murcha terá de levar...

.Arquivos

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.Tags

. todas as tags

.Favoritos

. História da Caça em Samor...

.Links

.Visitas

PisosBuscadorBajar ManualesAnunciosLibros Ciencia